IVC: jornal de Santos dispara em audiência e demissões derrubam números do DCI em dezembro

Até 2017, na posição de editor de internet do Jornal do Comércio, confesso que usava o mês de dezembro pra tirar o pé do acelerador: dezembro é o mês pra completar as metas de audiência traçadas junto a diretoria e, vencida esta etapa, ajustar os plantões de Natal e Ano Novo e incentivar a equipe a usar o banco de horas. Em outra palavras, é um mês de baixas audiências, em especial pra quem foca em hard news.

Assim, não é surpresa que 14 dos 19 sites listados abaixo e auditados pelo Instituto Verificador de Comunicação (IVC) tenham tido queda no número de páginas visitadas. Dois feriadões no mês, quando todo mundo está correndo fazendo compras e pegando a estrada derruba a audiência de qualquer portal:

veículo nov/18 dez/18 %
Folha 231.506.740 205.860.992 -11,08
O Globo 132.093.435 118.003.787 -10,67
Extra 107.581.733 102.404.252 -4,81
Estadão 123.433.373 102.080.781 -17,30
O Dia 53.857.214 55.996.561 3,97
ClicRBS 50.859.787 47.139.293 -7,32
Veja 56.994.214 40.153.560 -29,55
Valor 31.822.054 27.525.772 -13,50
Exame 33.373.754 27.220.869 -18,44
Campo Grande News 22.101.181 20.577.193 -6,90
O Tempo 18.291.253 20.054.824 9,64
A Tribuna 7.282.896 11.197.253 53,75
Época 8.879.600 5.534.120 -37,68
Época Negócios 4.102.461 4.213.039 2,70
O Pioneiro 3.987.581 3.454.561 -13,37
Jornal NH 2.876.621 3.239.189 12,60
Bem Paraná 3.853.743 2.959.336 -23,21
Diário Gaúcho 2.692.154 2.600.757 -3,39
DCI 2.524.305 1.697.826 -32,74

Entre os destaques negativos do mês está o desempenho das revistas semanais na internet, que seguem em trajetória de queda após as eleições. Época teve um visitação 37,68% menor em dezembro em relação a novembro e Veja caiu 29,55%.

Os jornalões também tiveram queda, sendo a maior dela no Estadão, que perdeu 17,30% dos pageviews em dezembro. Com isto, O Globo, que recuou apenas 10,67%, se mantém pelo segundo mês seguido como o segundo jornal brasileiro com maior visitação na internet. A Folha segue líder com ampla folga, mesmo recuando 11,08%. A propósito, o Estadão agora tem menos pageviews que o popular Extra – a última vez que isto aconteceu foi em agosto.

Já os cortes na redação do DCI (o famoso passaralho) tiveram reflexo imediato nos números do jornal especializado em economia paulistano. O número de páginas acessadas do site recuou 32,74% em relação a novembro, para 1,67 milhão de pageviews. Apenas a Época teve maior queda percentual no mês. Para quem não sabe, o DCI em novembro anunciou que faria cortes na redação. Após negociação, foi acertado um programa de PDV, que levou ao afastamento de 11 jornalistas em uma redação com 23 profissionais. O número de páginas da edição impressa também diminuiu. Mas informações estão disponíveis no site do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

Quero destacar ainda os números do ClicRBS, que perdeu 3,72 milhões de pageviews em dezembro, ou 7,32%. O motivo parece estar ligado a fase final da migração dos sites dos jornais de Santa Catarina do Clic para o domínio www.nsctotal.com.br. Este endereço é o novo guarda-chuva da NSC Comunicação, empresa que assumiu em março de 2016 o controle dos jornais Diário Catarinense, Hora de Santa Catarina, A Notícia e Jornal de Santa Catarina, as rádios CBN Diário, Itapema e Atlântida em Santa Catarina e as emissoras RBS TV em Florianópolis, Blumenau, Joinville, Centro-Oeste, Chapecó e Criciúma. Ainda assim, o domínio dc.clicrbs.com.br, antiga home do jornal Diário Catarinense, teve quase 1 milhão de acessos em dezembro. O que significa que uma nova queda nos números do ClicRBS é esperada pra janeiro. Infelizmente, os sites da NSC não estão sendo auditados pelo IVC, seria legal acompanhar o desempenho deles

Na contramão destas quedas é preciso destacar o ótimo desempenho de A Tribuna. O jornal santista teve um incremento significativo de 53,75% na visitação, se recuperando do desempenho ruim de novembro. Como acompanho a pouco os números do jornal não tenho muita referência, mas tenho um palpite: os número de visualizações de página, de acessos únicos e de sessões foram bem altos nos dias 26, 27 e 30 de dezembro, sugerindo que pode ser comum para o jornal ter picos de audiência no verão, quando aumenta consideravelmente a população no Litoral Sul de São Paulo.

Quem também subiu dois dígitos foi o gaúcho Jornal NH. O principal site de notícias do Grupo Sinos teve 12,60% mais páginas visitadas em dezembro, voltando a ficar acima da marca de 3 milhões de pageviews ao mês. O NH está passando por mudanças no sistema editorial, que podem ter gerado algum impacto negativo nos números de novembro. Já o mineiro O Tempo subiu 9,60% – o site fez 1,133 milhões em um único dia, 20 de dezembro, com matérias em torno da expectativa da definição de uma escala para o pagamento do 13º dos servidores públicos de Minas Gerais e também com a confusão na cerimônia de diplomação dos deputados eleitos. Completa a pequena lista de sites com incremento na visualização de páginas em dezembro O Dia e a Época Negócios.

Paulo Serpa Antunes Escrito por

Jornalista especialista em jornalismo digital, mestre em Comunicação Social pela PUCRS, com passagens pelas redações de Zero Hora, UOL e Jornal do Comércio. É diretor da Associação Riograndense de Imprensa (ARI).